sexta-feira, 29 de abril de 2016

Petrobras: 15 vão ganhar R$ 28 milhões para administrar a companhia

Agenda do investidor para esta sexta-feira
PNAD Contínua: produz informações contínuas sobre a inserção da população no mercado de trabalho. Índice de Preços ao Produtor: mede a evolução dos preços de produtos na porta de fábrica, sem impostos e fretes, de 23 setores da indústria brasileira de transformação. Nota de Política Fiscal: dados sobre o montante e composição da dívida pública federal. Personal Income and Outlays: dados de renda e dispêndio dos consumidores norte-americanos. Employment Cost Índex: índice de custos dos trabalhadores norte-americanos. Consumer Sentimento: índice que revela a confiança e expectativa do consumidor norte-americano em relação à economia em geral, apresentado pela Universidade de Michigan/Reuters.
Petrobras: 15 vão ganhar R$ 28 milhões para administrar a companhia
Petrobras (BOV:PETR4) fixou a remuneração global dos 15 membros que compõem o conselho de administração e fiscal da companhia em 28,77 milhões para os próximos 12 meses, ou seja, cerca de R$ 160 mil mensais para cada um.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Acredite no seu Negocio

Eu concordo. O medo do fracasso é um fator verdadeiro. Mas, para superá-lo, você precisa entendê-lo em termos mais específicos.
Quando fico apreensivo em relação a um novo empreendimento, não estou preocupado com algo tão abstrato quanto o “fracasso”.
Tenho três grandes preocupações: me preocupo de não ter conhecimento ou as habilidades necessárias para ser bem-sucedido. Eu me preocupo em perder todo o tempo e o dinheiro que investirei. E me preocupo com o que as pessoas vão pensar se o negócio não der certo (principalmente aquelas que duvidaram de minha ideia).

Seth Godin, escritor best-seller, fala sobre o primeiro tipo de medo. Ele diz que a maioria das pessoas que compra livros sobre empreendedorismo sai do campo dos sonhos porque, “lá no fundo, não acredita que é capaz”.
Não sei se esse é o medo mais comum quando se trata de abrir um negócio. Gostaria que fosse, mas acho que muitos empreendedores têm o problema oposto.

Eles não percebem que realmente não são capazes.
Se você tem esse medo, deve respeitá-lo... porque em nove de cada dez vezes ele é válido.
A primeira regra de construção de riqueza é investir apenas no que conheço. Se você duvida de que tenha os recursos ou os conhecimentos adequados, é porque provavelmente não os tem.
A solução para esse medo é deixar o plano em espera e adquirir experiência para descobrir o que você precisa saber.
Caso seu medo seja a vergonha do fracasso, você pode – e deve – continuar.Imagine o pior desfecho possível e se imagine lidando bem com a situação.
Outra coisa que você pode fazer é praticar a humildade quando anunciar sua nova empreitada.
Muitas vezes da certo não custa tentar.


Selic uma determinação objetiva ou subjetiva .

Copom mostrou consonância na última reunião de Tombini.
 Todo mundo concordando que é hora de taxa de juros estável.
 Mas seria a Selic uma determinação objetiva ou subjetiva?
 Os atuais membros do Copom serão substituídos em breve, por outros sujeitos.
 A julgar pelos rumores sobre os próximos nomes, há uma chance não desprezível de afrouxamento em 8 de junho ou 20 de julho.

Enquanto junho ou julho (ou 11 de maio) não chegam, os “vazamentos" do Governo Temer continuam a todo vapor:
 
- Projeto de lei para acabar com a reeleição a partir de 2018.
- Desvinculação de 25% de receitas dos municípios, estados e União, para fazer corte de gastos.
- Meritocracia para professores.
- Novas regras para concessões.
- Abertura comercial e fomento a exportações.
 Por conversar com gente, Temer parece credenciado a atender os interesses mais urgentes do país.

 Dilma, tentando agradar alguns, desagradou a todos.
 Temer quer agradar a maioria, necessariamente ignorando vontades específicas.
 Um bom presidente elege prioridades. Uma dúzia delas basta.
 Entre essas prioridades, está a de resolver - rapidamente - o endividamento de grandes empresas.
 O que vimos com a PDD de Bradesco no Daily PRO de hoje é apenas uma lasquinha do iceberg.

Outras lasquinhas aparecem para o investidor mais atento.
Natura reportando prejuízo? Sério mesmo?
E Duratex também?
Definitivamente, isso não é normal.
Se algumas de nossas melhores empresas listadas caíram no vermelho, o que imaginar das milhares de empresas medianas não listadas que, em tese, deveriam sustentar a adimplência nacional?