dezembro 14, 2020

Brasil Brokers propõe dobrar o número de ações negociadas na B3

 Conselho da Brasil Brokers aprovou o aumento do capital social da companhia no valor de R$ 120 milhões, mediante a emissão de 42.253.521 novas ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, a serem emitidas a R$ 2,84 por ação.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BBRK3) nesta sexta-feira (11). A proposta ainda precisa ser aprovada pelos debenturistas e pelos acionistas, por meio de suas respectivas assembleias gerais.

Atualmente, o capital social da Brasil Brokers é representado por 36,3 milhões de ações ordinárias, com 98% em circulação no mercado. Assim, a conversão mais do que dobraria o número de papéis que representam o capital da rede de imobiliárias.

Em valores, contudo, a conversão elevaria o capital da companhia de R$ 654 milhões para R$ 774 milhões.

As debêntures que seriam convertidas foram lançadas em abril do ano passado, com prazo de vencimento de cinco anos. Na ocasião, foram emitidos 120 milhões títulos com valor unitário de R$ 1. Os recursos foram usados para quitar dívidas da Brasil Brokers.