A operação prevê o adequamento do montante ao fluxo de caixa futuro, sendo diluído nos próximos 31 meses.

“Com a celebração desses aditamentos a companhia se mantém adimplente com seus credores reescalonando o pagamento do seu endividamento que será suportado, exclusivamente, pela geração própria de caixa para continuar o processo de desalavancagem financeira”, diz trecho do comunicado.

1T20

A empresa Taurus deve divulgar os resultados do segundo trimestre no dia 14 de agosto.

No balanço do primeiro trimestre de 2020 divulgado em 29 de junho, a Taurus (TASA4) apresentou um prejuízo líquido de R$ 157,1 milhões. Entretanto, esse resultado ocorre mesmo se o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) somou R$ 45,4 milhões, apresentando alta de 17,9% nos primeiros três meses do ano, ante o mesmo intervalo do ano passado.

Além disso, a Taurus registrou também resultados positivos no fluxo de caixa (R$ 77,7 milhões) e teve um aumento considerável no lucro bruto (+11,8%) e na receita operacional líquida (+18,3%).

Segundo o CEO da Taurus, Salesio Nuhs, é necessário analisar bem o balanço para não ficar apenas no resultado superficial. Segundo ele, a alta repentina do dólar nos últimos dias de março, provocada pelos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus (covid-19), afetou os resultados da empresa.

Entretanto, segundo ele, no complexo o primeiro trimestre desse ano foi muito positivo para a fabricante de armas, com muitos indicadores que alcançaram recordes.

Fonte:ADVFN