August 11, 2020

Mercados Globais

 Os índices futuro das bolsas de Nova York amanheceram em alta firme, reagindo também à sugestão do presidente Donald Trump de cortar impostos sobre ganhos de capital e reduzir os tributos também para os assalariados de renda média, o que seriam mais medidas visando a eleição de novembro. A notícia embala a abertura do pregão europeu, onde as bolsas sobem até 2%. Na Ásia, o pregão foi misto, com ganhos acelerados em Tóquio (+1,9%) e em Hong Kong (+2,1%), mas queda em Xangai (-1,2%).

Além da indicação feita por Trump, os investidores aguardam as negociações entre democratas e republicanos para a aprovação de um novo pacote de ajuda à economia. Os possíveis estímulos acabam mitigando a aversão ao risco causada pelo avanço do novo coronavírus.

Os dados do mercado de trabalho no Reino Unido apontaram para 32,9 milhões de desempregados no segundo trimestre. Apesar do número elevado, ele é menor que o registrado no trimestre anterior.

A tensão entre Estados Unidos e China segue no radar dos investidores, porém uma outra notícia que ajuda a pavimentar o otimismo global nesta abertura dos mercados, foi a sinalização do presidente do Banco Central chinês, Yi Gang, que declarou à estatal Xinhua que o país continuará a implementar a chamada fase I, do acordo comercial firmado com os EUA ainda no ano passado


Nome
PreçoVar(%)
US Dollar vs BRL5,48+0,00%
Euro vs BRL6,47+0,53%
Sterling vs BRL7,19+0,37%
Yen vs BRL0,05-0,05%