junho 29, 2020

Value at Risk (VaR) e Stress Test

Value at Risk (VaR) e Stress Test , ferramentas de gerenciamento de riscos.


Por Alexandr Yokoyama

Ceo do Grupo YBBRIO

Riscos são uma constante quando falamos de finanças e investimentos. E claro, sempre desejamos eliminar o máximo desses riscos quando pensamos em onde vamos colocar o nosso dinheiro.

É bem verdade que sempre frisamos a relação risco x retorno em que, quanto maior o retorno de um ativo, maior tende a ser o risco. Isso é verdade quando comparando diversos tipos de investimentos e mesmo naqueles mais arriscados, queremos sempre ter o menor risco possível.

Afinal, não faz sentido querer um risco maior do que ele realmente é apenas para ter um retorno maior. As coisas precisam sempre estar no seu devido lugar.

Para ajudar nessa árdua tarefa, um modo eficiente de mapear os riscos é através do chamado Stress Test.

Um teste de estresse, na terminologia financeira, é uma análise ou simulação projetada para determinar a capacidade de um determinado instrumento financeiro ou instituição financeira de lidar com uma crise econômica


VaR, ou Value at Risk, é um indicador de risco que estima a perda potencial máxima de um investimento para um período de tempo, com um determinado intervalo de confiança. Ou seja, através de um cálculo estatístico, o VaR mostra a exposição ao risco financeiro que um ou mais ativos possuem em determinado dia, semana ou mês.

Sob esse método, o Valor em risco é calculado criando aleatoriamente vários cenários para taxas futuras, usando modelos de preços não lineares para estimar a alteração no valor de cada cenário e, em seguida, calculando o VaR de acordo com as piores perdas.