outubro 25, 2019

Mercado nesta sexta feira


Mercados... Bolsas asiáticas encerraram a semana sem direções claras. O Nikkei (Tóquio) e o SSE (Shanghai) registraram ganhos moderados, enquanto o Hang Seng (Hong Kong) recuou 0,5% na sessão. Na zona do euro, índices de mercado europeu abrem negociações em terreno negativo, com o índice pan-europeu, STOXX 600, caindo 0,4%. Do outro lado do atlântico, futuros de NY operam estáveis e o dólar (DXY) resume movimento de leve desvalorização contra seus principais pares. Na frente das commodities, ativos tem desempenhos predominantemente positivos até o momento. O petróleo (Brent crude) se mantem próximo a estabilidade, negociado acerca dos US$ 61,70/barril.

China e EUA... Como de costume, mercados acompanharam os novos desenvolvimentos envolvendo China e Estados Unidos. Ontem, o vice-presidente americano, Mike Pence, criticou as ações violentas que estão sendo tomadas pelo governo chinês contra os manifestantes em Hong Kong e foi prontamente respondido por uma porta-voz do ministério do exterior chinês, que o acusou de estar buscando comprometer a estabilidade interna da China, além de dizer que os EUA já "abandonou sua credibilidade e moralidade" e que "os americanos deveriam olhar no espelho e buscar a resolução dos seus próprios problemas internos para deixar a sua própria casa em ordem".

■ Commodities 

Minério de ferro: A sessão desta quinta-feira terminou de forma positiva para os preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para janeiro do próximo ano, teve avanço de 0,96%, encerrando assim a 628,00 iuanes por tonelada. 
Petróleo: Os Futuros do Petróleo caíram durante a sessão asiática. Na bolsa mercantil de Nova York, os contratos futuros do petróleo, com vencimento em Outubro, foram negociados na entrega a US$ 55,50 por barril no momento da escrita, recuando 0,84%.
Ouro: Os contratos futuros do Ouro caíram durante a sessão asiática. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos de referência do Ouro, com vencimento em dezembro, encerraram a jornada a US$ 1.494,85 por onça troy, recuando 0,06%.