February 04, 2019

"Há coisas que não sabemos que sabemos. Há coisas que sabemos que não sabemos. E há coisas que não sabemos que não sabemos. "

"Há coisas que não sabemos que sabemos. Há coisas que sabemos que não sabemos. E há coisas que não sabemos que não sabemos. "
Temos uma tendência a superestimar as próprias habilidades, naquilo que as finanças comportamentais chamam de “overconfidence”. Em autoavaliações excessivamente otimistas, consideramos sermos capazes de listar todos os riscos existentes e, ainda mais, superar os obstáculos à frente.
Rating feitos sob a égide do conflito de interesses não têm valor algum ou, talvez, tenham valor negativo, porque representam uma mapa errado , porem as análises meramente quantitativas, principalmente se pautando apenas por retornos históricos, são absolutamente problemáticas.
Realizamos o rating de nossas operações através de evidencias quantitativas  e analises pautado na realidade dos fatos.