Bolsa de Tóquio tem queda de 5%

O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio fechou nesta quarta-feira (26) em alta de 0,89%, um dia depois de uma forte queda de 5%.

O índice Nikkei ganhou 171,32 pontos, a 19.327,06 unidades.
Já na China, os principais índices acionários recuaram nesta quarta-feira em meio às persistentes preocupações com a economia e cautela com as incertezas políticas nos Estados Unidos, dado que a paralisação do governo federal e a postura hostil do presidente Donald Trump em relação ao banco central do país deixam os investidores nervosos.
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,5%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,3%.


Na segunda-feira, a Bolsa de Nova York fechou em forte queda. O índice Dow Jones Industrial Average recuou 2,9%, a baixa mais expressiva da história em uma véspera de Natal.
As razões da queda das Bolsas são numerosas: “a desaceleração da economia mundial, as consequências da disputa comercial entre Pequim e Washington, o ‘shutdown’ (paralisação parcial do governo) nos Estados Unidos”, enumera Makoto Sengoku, analista do instituto de pesquisas Tokai Tokyo.


Mas é em Washington que se concentram os maiores temores. Líderes da oposição democrata acusaram Trump de provocar o “caos” no país na véspera de Natal.

fonte:G1/isto é dinheiro

  • Confiança da construção sobe em dezembro e encerra 2018 no maior nível em 4 anos.Índice subiu 0,8 ponto e foi a 85,5 pontos em dezembro na comparação com o mês anterior, o maior patamar desde dezembro de 2014, diz FGV.fonte:DCI...
  • O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou alta de 0,10% na terceira quadrissemana de dezembro, após variação negativa de 0,03% na segunda leitura do mês, de acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV),fonte:Reuters...
  • A confiança do comércio no Brasil teve em dezembro uma melhora significativa tanto na percepção dos empresários em relação à situação atual quanto nas expectativas, terminando o ano em seu maior valor em quase seis anos, informou nesta quarta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV).Com alta de 5,7 pontos, o Índice de Confiança do Comércio (Icom) foi em dezembro a 105,1 pontos, atingindo seu maior nível desde abril de 2013.fonte:DCI...
  • Focus: A expectativa de alta para o Produto Interno Bruto (PIB) este ano seguiu em 1,30%, conforme o Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central (BC). Há quatro semanas, a estimativa era de crescimento ligeiramente mais forte, de 1,39%. Para 2019, o mercado reduziu marginalmente a previsão de alta do PIB, de 2,55% para 2,53%, ante 2,50% de um mês antes,fonte:isto é dinheiro...
  • Grupo Pão de Açúcar afirma que pretende vender suas ações da Via Varejo em Bolsa até o fim de 2019, fonte:infomoney...

.