FATO RELEVANTE AQUISIÇÃO DOS CAMPOS DE PETRÓLEO DE BIJUPIRÁ E SALEMA E DO FPSO FLUMINENSE


Petrorio_Mailing_header
 FATO RELEVANTE 
AQUISIÇÃO DOS CAMPOS DE PETRÓLEO DE BIJUPIRÁ
E SALEMA E DO FPSO FLUMINENSE
Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 2015 - A PetroRio("PetroRio" ou "Companhia"), nova marca da HRT Participações em Petróleo S.A., em continuidade ao Fato Relevante divulgado em 20 de janeiro de 2015 e em cumprimento à legislação canadense, vem prestar informações adicionais sobre a transação para aquisição de 80% de participação sobre os direitos e obrigações dos contratos de concessão dos Campos de Bijupirá e Salema com a Shell Brasil Petróleo Ltda. ("Shell"), e o FPSO Fluminense, utilizado na produção de ambos os campos.  
O preço total de aquisição estabelecido nos Contratos celebrados é de USD 150 milhões, sujeito a ajustes, a ser pago em dinheiro, sendo que 20% do valor total foi pago com o caixa resultante da primeira emissão de debêntures conversíveis em ações da Companhia, concluída em dezembro de 2014. As principais características e outras informações sobre as debêntures conversíveis em ações estão disponíveis em Comunicados ao Mercado publicados em 24 de outubro, 1 de dezembro, e 9 de dezembro de 2014. 
Os 80% remanescentes do valor total de aquisição deverão ser pagos no dia do fechamento da transação, mediante o atendimento ou a dispensa de todas as condições para o fechamento, e poderão ser financiados por meio da standby credit facility (linha de crédito) existente, liderada pela Glencore Ltd., uma subsidiária integral da Glencore PLC. 
A conclusão da transação de compra e venda entre a PetroRio e a Shell está sujeita a determinadas condições precedentes, dentre as quais, a aprovação da cessão dos direitos pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica - CADE e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis - ANP. A transação também está sujeita à aceitação da TSX Venture Exchange ("TSX-V"), onde as Global Depository Shares("GDS") da Companhia estão listadas. O fechamento da transação pode levar meses ou nem ocorrer. 
A Companhia contratou um avaliador de reservas qualificado e independente para preparar um relatório geológico de acordo com os Padrões de Divulgação para Atividades de Petróleo e Gás da National Instrument 51-101 ("Relatório") emitida pelo Canadian Securities Administrators' (Administrador de Títulos e Valores Mobiliários Canadenses). Esperamos receber o Relatório por volta do dia 6 de março de 2015. O Relatório será usado pela TSX-V como documentação de apoio para determinar se ela irá aceitar ou não a transação proposta, e espera-se que o Relatório auxilie os investidores na avaliação da transação. A Companhia irá fazer nova comunicação quando o Relatório estiver disponível, fornecendo maiores detalhes sobre os ativos objeto da transação. Nós alertamos os investidores de que, até que o Relatório seja preparado e divulgado, pode não haver informações suficientes sobre os ativos, a fim de permitir que os investidores tomem decisão razoável para investimento.
Clique aqui para acessar o Fato Relevante.
Para informações adicionais, entre em contato com a Área de Relações com Investidores da PetroRio.
1 A denominação social da Companhia permanecerá como HRT Participações em Petróleo S.A., até que a alteração seja aprovada em Assembleia Geral de Acionistas, de acordo com proposta a ser apresentada pela Administração. As ações e GDSs da Companhia continuarão a ser negociadas pelos códigos ("tickers") HRTP3, na BM&FBOVESPA, e HRP, na TSX-V, até que a nova denominação social seja aprovada e os pedidos de alteração de tickers sejam autorizados pela BM&FBOVESPA e pela CVM - Comissão de Valores Mobiliários. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral informados sobre o andamento deste processo.

Sobre a PetroRioA PetroRio é uma das maiores empresas independentes de Exploração & Produção de óleo e gás natural do Brasil. Através de suas subsidiárias, detém 60% de participação e é também operadora do Campo de Polvo, localizado na porção sul da Bacia de Campos, a 100 km a leste da cidade de Cabo Frio, Rio de Janeiro. O Campo de Polvo possui a 7ª maior produção diária de barris de óleo equivalentes do país, com 20.3º API, por meio de três reservatórios produtores. A PetroRio é proprietária, através de suas subsidiárias, da plataforma fixa "Polvo A" e de uma sonda de perfuração de 3.000 HP que operam no campo, estando a plataforma interligada ao navio "FPSO Polvo" que tem capacidade para separação de hidrocarbonetos e tratamento de água, estocagem e transferência de óleo. A licença do Campo de Polvo cobre uma área de aproximadamente 134 km2 com vários prospectos para futuras explorações. Adicionalmente, a PetroRio possui 55% de participação e é operadora em 17 blocos exploratórios localizados na Bacia do Solimões, sendo também operadora em dez blocos exploratórios na costa da Namíbia nas sub-Bacias de Orange e de Walvis. A PetroRio está comprometida em minimizar os possíveis impactos ambientais nos locais onde atua. O compromisso com as comunidades locais passa pela redução dos impactos das operações nas condições de saúde, segurança e qualidade de vida. Para mais informações acesse o site: www.petroriosa.com.br.

.