Nasce a CorpCo, a filha gigante da Oi com a Portugal Telecom


Nova companhia tem 100 milhões de clientes e receita de 37,4 bilhões de reais

Divulgação
Loja da Oi
Oi: empresa fará parte da CorpCo - companhia com operações na África, Ásia, Brasil e Portugal
São Paulo – A CorpCo, companhia resultante da fusão da Oi com a Portugal Telecom, nasceu hoje. Apesar de recém-criada, a empresa de telecomunicações já tem números impressionante a apresentar e grandes desafios pela frente.
Segundo material divulgado pela Portugal Telecom, a expectativa é de que a companhia tenha receita de 37,4 bilhões de reais proveniente das operações no Brasil (75%), Portugal (21,8%), Ásia e África (3,1%). A CorpCo nasce com 100 milhões de clientes e 38,1% de suas ações sob controle da Portugal Telecom.
Entre os desafios da companhia estão a redução das dívidas e o aumento de investimentos e vendas. Para gerir a nova empresa, o escolhido foi Zeinal Bava. Ele é o atual diretor da Oi e da Portugal Telecom - que já contam com cerca de 80 iniciativas em sinergia no valor de 5,5 bilhões de reais.
Repercussão
Em entrevista coletiva no fim da manhã em Brasília, o ministro das Comunicações Paulo Bernardo afirmou que não vê "nenhum tipo de problema" na fusão entre a Oi e a Portugal Telecom. O negócio foi bem avaliado pelos analistas de mercado, que enxergam nele uma oportunidade da Oi pôr suas contas em ordem e voltar a ser competitiva.
De acordo com dados da Anatel, a Oi detém a operação de cerca de 20% das linhas de celulares no Brasil. A companhia é ainda mais forte na telefonia fixa – onde controla mais de 40% das linhas. A fusão anunciada hoje deve começar a valer em 2014. 

.