BTG Pactual ganha aval do Cade para comprar Globenet


O valor do negócio é R$ 1,745 bilhão

Luci Ribeiro, do 

Brasília - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição, pela BTG Pactual YS Empreendimentos e Participações (BTGP YS), de 100% do capital social da Brasil Telecom Cabos Submarinos (BTCS), que pertencia ao Grupo Oi. O valor do negócio é R$ 1,745 bilhão.
A BTCS presta serviços de telecomunicações e transmissão de dados corporativos por meio de rede de cabos submarinos, denominada rede Globenet. Os cabos passam pelos Estados Unidos, por Bermudas, pela Venezuela, Colômbia e pelo Brasil (no caso, Fortaleza e Rio de Janeiro).
"Para o BTG Pactual, grupo gestor do fundo de investimentos que detém a totalidade do capital social da BTGP YS, a operação mostra-se uma boa oportunidade de negócio e uma maneira de diversificar seu portfólio de investimentos. Para o Grupo Oi, a operação se insere na estratégia de concentrar seus investimentos e esforços nas suas atividades principais, alienando ativos ou participações que não estejam a elas diretamente relacionados", cita documento do Cade sobre o negócio.
A operação também contempla a assinatura de acordo pelo qual a BTCS se compromete a fornecer à Oi e a suas subsidiárias capacidade de transmissão de sinais por meio da rede de cabos submarinos que opera. A aprovação do negócio que, segundo o Cade, "é incapaz de gerar quaisquer efeitos anticompetitivos" está em despacho da Superintendência-Geral do órgão publicado nesta terça-feira, 13, no Diário Oficial da União (DOU).

.