Brasil Pharma, do BTG, pode anunciar fusão com distribuidora


Segundo reportagem do Valor Econômico, três companhias estão no radar da Brasil Pharma

Raphael Falavigna/Veja
Medicamentos
Brasil Phama quer unir operações com distribuidora de medicamentos
São Paulo - A Brasil Pharma, braço de varejo farmacêutico do BTG Pactual, pode unir suas operações com uma grande distribuidora de medicamentos e já mantém conversas com pelo menos três companhias da área: a Profarma, a PanPharma e a Santa Cruz. As informações são do jornal Valor Econômico, desta quarta-feira.
De acordo com a reportagem, ainda não foi definido em que formato se dará a fusão, mas até uma nova companhia pode surgir com a operação. As negociações agora estão na fase de estudo para saber quais das três empresas trariam mais vantagens e sinergias para as operações da Brasil Pharma.
O negócio, independente da escolha da distribuidora, deve criar a maior rede de varejo e distribuição de medicamentos do país, com faturamento que superará a cifra de 7 bilhões de reais, disse o Valor.

.