Agenda do investidor para esta quinta-feira

ADVFN
No Brasil o Banco Central publica a Nota de Política Monetária com os dados sobre a evolução dos agregados monetários (papel moeda, depósitos, câmbio entre outros) e operações de crédito do sistema financeiro. A FGV (Fundação Getulio Vargas) divulga o IGP-M, índice de inflação calculado todo o mês e comumente utilizado para a correção de contratos de aluguel e tarifas de energia elétrica. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga o IPP (Índice de Preços ao Produtor) que mede a evolução dos preços de produtos na porta de fábrica, sem impostos e fretes, de 23 setores da indústria brasileira de transformação. Nos EUA, o Departamento do Comércio divulga a Renda e Gastos Pessoais. O Departamento do Trabalho divulga os Pedidos de Seguro-Desemprego semanal.
Cruzeiro do Sul ganha sobrevida de mais uma semana
O Fundo Garantidor de Crédito (FGC), instituição encarregada da gestão do banco Cruzeiro do Sul (CZRS4), que encontra-se sob intervenção do Banco Central desde junho deste ano, estendeu o prazo e deu mais uma semana para os credores da instituição financeira aceitarem o plano de reestruturação proposto para o banco. O FGC quer que os credores aceitem um deságio de 49,3% sobre as valores que tem a receber ou o banco será liquidado. A justificativa para o aumento do prazo, segundo o FGC, foi a adesão abaixo de 90% dos credores à proposta por falta de tempo. Após auditoria, o rombo no Cruzeiro do Sul foi calculado em R$ 3,1 bilhões. Com o patrimônio líquido negativo em R$ 2,2 bilhões, o FGC quer socializar o prejuízo entre credores nacionais e estrangeiros.

.