Poupança está melhor que fundos de renda fixa?

Com remuneração atrelada ao CDI, taxa de juros que caminha junto com a Selic, os fundos de renda fixa conservadora também têm visto sua rentabilidade cair com o ciclo de queda na taxa básica de juros.
Acontece que a atratividade maior da poupança só é verdadeira se a compararmos com os fundos conservadores que o investidor pessoa física costuma encontrar em grandes bancos, que têm altas taxas de administração.
Se você tirar um tempinho para olhar para fora do seu banco, verá que ainda é possível encontrar investimentos de baixíssimo risco mais rentáveis que a poupança.
Em termos nominais, eles estão menos rentáveis do que na época de juros altos, é verdade. Mas ainda são ideais para substituir a caderneta e abrigar aqueles seus recursos de fluxo de caixa, como a reserva de emergência ou o dinheiro voltado para objetivos de curto prazo.
Afinal, esteja a Selic em alta ou em queda, todo mundo precisa de um colchão financeiro aplicado em um investimento fácil de resgatar e capaz de preservar o valor dos recursos. Até mesmo os investidores mais arrojados.

.

.