Ybbrio em analise de projeto de viabilidade de recursos com instituição nacional para recursos poderão ser gastos com medicamentos, vacinas e treinamento de pessoal.

Prefeituras receberão recursos para enfrentamento de epidemias

08/08/2016 | 17h25min

O presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), Leonardo Santana, garantiu hoje que a entidade está captando um montante de recursos financeiros que serão disponibilizados às prefeituras municipais até novembro de 2016. O total de recurso não foi divulgado, no entanto, ele estima que cada município possa receber até 300 mil reais. Inicialmente, serão mais de 60 municípios contemplados nos estados da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, objetivando o enfrentamento de epidemias. Os recursos poderão ser gastos com medicamentos, vacinas e treinamento de pessoal.
Segundo Leonardo, os municípios não podem esperar apoio do governo da União, sendo necessária uma ação internacional, objetivando angariar verba de instituições estrangeiras, as quais não sofrem os efeitos da crise enfrentada no Brasil.
“São milhões de dólares disponibilizados todo ano por organizações assistencialistas americanas, britânicas e européias, com o interesse de manutenção de relações institucionais com o Brasil. A única dificuldade que elas encontram é a falta de interesse na elaboração de simples projetos que possam atender essas demandas.”
Leonardo destacou o pouco interesse da maioria dos prefeitos que não faz questão de apresentar projetos, seja para área de saúde, como para as áreas sociais e culturais, preferindo continuarem a mercê dos míseros recursos do governo, deixando que essas verbas voltem para o país de origem por falta de proposta.
A UBAM listou abaixo organismos internacionais que podem viabilizar projetos das prefeituras. São organismos multilaterais de crédito, agências governamentais, bancos de exportação/importação e bancos privados. A captação de recursos é feita mediante a apresentação do projeto que precisa cumprir requisitos e diretrizes e estar em consonância com as reais necessidades do município relacionadas ao objeto principal.
A UBAM está facilitando investimentos do Fundo Financeiro Internacional – FFI, que integra bilhões de Dólares dos governos do Japão e Emirates. A entidade também mantém conversações com a YBBRIO Financial Asset. Esse grupo, segundo Leonardo, não exige tanto em relação a projetos a serem apresentados. Ele destacou que as prefeituras perdem todo ano recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, que tem sede nos Estados Unidos, Banco de Desenvolvimento da América Latina (Corporação Andina de Fomento), Fundo Internacional para o Desenvolvimento da Agricultura – FIDA,  Global Environment Facility – GEF,  Japan Bank for International – JBIC, Kreditanstalt Fur Wiederaufbau – KFW e a Agência Francesa de Desenvolvimento – AFD.

.

.