Solicitação de Interrupção Temporária da Produção do Campo de Tubarão Martelo

OGpar_header
ÓLEO E GÁS PARTICIPAÇÕES S.A. - Em Recuperação Judicial

CNPJ/MF: 07.957.093/0001-96

Companhia Aberta - BOVESPA: OGXP3


OGX PETRÓLEO E GÁS S.A. - Em Recuperação Judicial

CNPJ/MF: 08.926.302/0001-05

Companhia Aberta - BOVESPA: OGSA3


Fato Relevante


- Solicitação de Interrupção Temporária da Produção do Campo de Tubarão Martelo -



Rio de Janeiro, 19 de Janeiro de 2016 - A Óleo e Gás Participações S.A. - Em Recuperação Judicial (Bovespa: OGXP3; OTC: OGXPY.PK) e OGX Petróleo e Gás S.A. - Em Recuperação Judicial (Bovespa: OGSA3; OTC: OXPRY) (respectivamente, "OGpar" e "OGX", e, quando em conjunto, "Companhias"),informam que, na data 19 de Janeiro de 2016,  foi protocolada a solicitação da interrupção temporária da produção do Campo de Tubarão Martelo ("Campo TBMT") junto à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis ("ANP") .

A suspensão temporária da produção do Campo TBMT foi solicitada baseada, principalmente (i) nas atuais adversidades do setor de petróleo e gás, tais como o cenário de quedas no preço do Brent no mercado internacional; (ii) a estimativa inicial de elevada produtividade dos poços que, posteriormente, mostrou-se incompatível com  o potencial efetivo do campo; e (iii)  elevados custos operacionais de leasing.

Ressalta-se que a referida interrupção está sujeita à aprovação da ANP, que, por sua vez tem um prazo de até 60 dias para analisar a proposta e manifestar-se a respeito do deferimento do pedido.

A paralização do Campo de TBMT por até um ano permitirá que as Companhias possam, durante este período, avaliar a melhor maneira de retomar a produção do referido campo, considerando a utilização de novas tecnologias e viabilidade econômica do ativo.

As Companhias irão manter seus acionistas e o mercado informados sobre o desenvolvimento deste assunto.

.

.