RESUMO SEMANAL



Resumo Semanal
No cenário internacional, o PIB do 3T dos EUA foi revisado para cima, marcando um crescimento de 2,1%, conforme esperado. A inflação, tanto na medida do deflator quanto do núcleo da inflação ao consumidor, ficou em 1,3% no 3T. Em outubro, o primeiro mês do último trimestre do ano, o núcleo da inflação ao consumidor também rodou em 1,3%, repetindo o valor de todos os meses deste ano. Os dados do mercado imobiliário vieram mistos, enquanto que o PMI de manufatura finalmente alcançou os outros dados do setor, que vinham mostrando bastante fraqueza na indústria. O PMI caiu para 52,6 em novembro, seu menor valor em dois anos.

No Brasil, o destaque ficou para a prisão inédita de um Senador da República, que colocou ainda mais em risco o já debilitado ajuste fiscal. O senador Delcídio Amaral (PT-MS) foi preso após gravação de áudio evidenciar que Delcídio ofereceu dinheiro e a possibilidade de fuga ao ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró em troca de ele não aderir à delação premiada. Em relação a um possível delação de Delcídio, a Polícia Federal já avisou que o senador terá que denunciar crimes feitos por pessoas acima de Nestor Cerveró. Com o provável atraso nas votações do ajuste, o governo anunciou que contingenciará R$ 10 bi em novos gastos na segunda-feira.

Duas surpresas saíram da última reunião do Copom no ano, que optou por manter a taxa de juros em 14,25%. Primeiro, a votação foi dividida, com os Diretores Tony Volpon e Sidnei Marques votando a favor de uma alta de 50 bps na Selic. Segundo, o comunicado foi alterado, com o segundo parágrafo, que afirmava que a taxa de juros seria mantida neste patamar por um “período suficientemente prolongado” e que a política monetária seria “vigilante”, sendo removido. De forma geral, acreditamos que estas mudanças sugerem uma postura mais hawkish do BC e uma alta de 50 bps na Selic na próxima reunião, em janeiro. Na próxima quinta-feira será divulgada a ata da reunião de novembro.

Fonte: Geração Futuro

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.