Rápido e devagar





Cenário-base indica perda de investment grade num horizonte de 12 meses, com riscos não desprezíveis de se concretizar ainda neste ano.

A leitura de Werlang é interessante, pois chama atenção para os próximos anos perdidos.

Até daria para engolir um pequeno déficit primário num 2015 que ousou liquidar as pedaladas...

"Ocorre que, para o ano que vem e os subsequentes, você ter diminuído tanto a meta fiscal, aí já é mais difícil de compreender”.

Segundo Werlang, isso significa que o governo quer fazer um ajuste mais lento.
Portanto, perdendo o grau de investimento mais rápido.
Se você acha que a “parcimônia” da Moody’s garante a manutenção de nosso investment grade, dê uma lida na entrevista do Werlang no Valor de hoje.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.