Petrobras é rebaixada por agência internacional

Agenda do investidor para esta quarta-feira
Consumer Price Index: índice de preços ao consumidor norte-americano. Fluxo Cambial (Banco Central): saldo semanal das entradas e saídas de capital estrangeiro no Brasil. EIA Petroleum Status Report: saldo semanal do estoque de barris de petróleo nos EUA. 
Petrobras é rebaixada por agência internacional
A agência de classificação de risco Moodys anunciou o rebaixamento do nível de risco (rating) da dívida em moeda estrangeira e local da Petrobras (PETR4) em um nível, com perspectiva negativa, mas manteve o chamado grau de investimento para o companhia. Para a Moodys, a revisão reflete a alta alavancagem financeira e a expectativa de declínio significativo da mesma somente após 2016. O aumento do endividamento como consequência da desvalorização do Real, perdas no segmento de abastecimento relacionadas com a defasagem entre os preços internacionais e domésticos e o aumento da necessidade de financiamento, foram fatores que pesaram na avaliação. Ainda segundo a agência, os menores preços internacionais de petróleo, se mantidos em longo prazo, poderão ser benéficos para o segmento de abastecimento, mas afetarão negativamente as operações de exploração e produção. De acordo com a agência, a nota atual da Petrobras é embasada por sua larga base de reservas e dominância na indústria do petróleo no Brasil, com uma posição de liderança, descobertas significativas no pré-sal, produção crescente e expertise tecnológico e também considera o suporte do governo num cenário de estresse.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.