Usiminas: Briga feia entre sócios


As ações da Usiminas (USIM5) registraram queda de 5,4% na última sexta-feira, maior queda do Ibovespa, após a companhia anunciar a demissão do diretor presidente da companhia, Julián Eguren, do diretor vice presidente de subsidiárias, Paolo Bassetti, e do diretor vice presidente industrial, Marcelo Chara. A Ternium, um dos acionistas controladores da Usiminas, discorda das destituições e afirma que a situação leva a uma quebra unilateral do acordo com a também acionista controladora Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation, revelando uma briga pelo comando da companhia. Em caráter temporário, Rômel Erwin de Souza foi eleito para os cargos de diretor presidente e de diretor vice presidente industrial da companhia e do Ronald Seckelmann para o cargo de diretor vice presidente de subsidiárias, acumulando funções com os atuais cargos já desempenhados, até que o conselho de administração eleja novos diretores em caráter definitivo.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.