OGPAR ANUNCIA EXTENSÃO DE ACORDO COM A OSX PARA REALIZAÇÃO DE TESTES NO CAMPO DE TUBARÃO AZUL

OGPAR ANUNCIA EXTENSÃO DE ACORDO COM A OSX PARA REALIZAÇÃO DE TESTES NO CAMPO DE TUBARÃO AZUL
Rio de Janeiro, 05 de março de 2014 - A Óleo e Gás Participações S.A. (“OGpar”) (Bovespa: OGXP3; OTC: OGXPY.PK), comunica ao mercado que estendeu acordo celebrado em 03 de fevereiro de 2014, conforme divulgado em Fato Relevante na mesma data, em conjunto com sua subsidiária, OGX Petróleo e Gás S.A. – Em Recuperação Judicial, com a OSX 1 Leasing B.V. (“OSX 1L”) e OSX Serviços Operacionais Ltda. – Em Recuperação Judicial, devido à necessidade de realização de novos testes com uso do FPSO OSX-1 no Campo de Tubarão Azul, para eventual retomada de produção.
A Companhia estima que o período de testes se estenda por mais 7 dias a partir de 28 de fevereiro de 2014 e, caso apresente condições satisfatórias, a retomada de produção estará, ainda, sujeita a determinadas condições precedentes, principalmente a assinatura de um novo acordo prevendo todas as condições operacionais e financeiras entre todas as partes envolvidas.
A Companhia irá manter seus acionistas e o mercado informados de qualquer outro desenvolvimento deste assunto.

Aviso Legal
Este documento contém algumas afirmações e informações relacionadas à Companhia que refletem a atual visão e/ou expectativa da Companhia e de sua administração a respeito do seu plano de negócios. Estas afirmações incluem, entre outras, todas as afirmações que denotam previsão, projeção, indicam ou implicam resultados, performance ou realizações futuras, podendo conter palavras como “acreditar”, “prever”, “esperar”, “contemplar”, “provavelmente resultará” ou outras palavras ou expressões de acepção semelhante. Tais afirmações estão sujeitas a uma série de expressivos riscos, incertezas e premissas. Advertimos que diversos fatores importantes podem fazer com que os resultados reais divirjam de maneira relevante dos planos, objetivos, expectativas, estimativas e intenções expressas neste documento. Em nenhuma hipótese a Companhia ou seus conselheiros, diretores, representantes ou empregados serão responsáveis perante quaisquer terceiros (inclusive investidores) por decisões ou atos de investimento ou negócios tomados com base nas informações e afirmações constantes desta apresentação, e tampouco por danos indiretos, lucros cessantes ou afins. A Companhia não tem intenção de fornecer aos eventuais detentores de ações uma revisão das afirmações ou análise das diferenças entre as afirmações e os resultados reais. Cada investidor deve fazer sua própria avaliação, incluindo os riscos associados, pra tomada de decisão de investimento.

Comentários

.