OGX muda estatuto para elevar seu capital social



A decisão foi pela ampliação do capital social para R$ 9,058 bilhões, divididos em 3,2 bilhões de ações ordinárias


Funcionários da OGX
Esse programa diz respeito à possibilidade de subscrição ou compra de ações da empresa por membros do Conselho de Administração, pela diretoria e empregados
Rio de Janeiro - A petroleira OGX, do empresário Eike Batista, aprovou, nesta segunda-feira, 29, em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), alterações no seu estatuto social para comportar aumentos no capital social já definidos pela diretoria. 
A decisão foi pela ampliação do capital social para R$ 9,058 bilhões, divididos em 3,2 bilhões de ações ordinárias.
Durante a assembleia, foram aprovadas também alterações no Programa de Outorga de Opção de Compra ou Subscrição de Ações Ordinárias de Emissão da Companhia.
Esse programa diz respeito à possibilidade de subscrição ou compra de ações da empresa por membros do Conselho de Administração, pela diretoria e empregados.
Uma série de pequenas mudanças atrela o plano às condições previstas em contrato, em detrimento das decisões do Conselho de Administração, que, pelo modelo anterior, possuía mais poder de definição das condições de cada plano.

.

.