'Empresas espertas terão matemáticos trabalhando junto com o marketing'


A afirmação é de David Roth, CEO da The Store, braço de varejo do grupo de comunicação britânico WPP, durante o evento da Dinheiro.

Por João VARELLA
O aparelho no bolso do executivo David Roth faz chamadas telefônicas, mas ele não o chama de celular. “Esse dispositivo faz tantas coisas que é reducionista chamar de telefone”, afirma Roth, CEO da The Store, braço especializado em empresas de varejo do conglomerado britânico WPP, o maior do mundo em marketing e publicidade. 
 
IMG_9111.jpg
O executivo da WPP David Roth foi um dos palestrantes
do evento "As marcas mais valiosas do Brasil em 2013"
 
Em sua apresentação, no evento As Marcas Mais Valiosas, realizado na manhã desta sexta-feira (12), ele disse que esses dispositivos gerarão cada vez mais informações. Relógios e óculos conectados estão na pauta das empresas de tecnologia e devem começar a ser comercializados neste ano, o que deve representar um aumento vertiginoso no volume de dados. Isso vai ajudar as companhias a se aproximar dos consumidores.
 
“Empresas espertas terão matemáticos trabalhando junto com o marketing”, diz Roth. No jargão tecnológico, o trabalho com grande quantidade de informação é chamado Big Data. Segundo o CEO da The Store, “empresas espertas vão aprender a amar informações”.  
 
Roth, no entanto, pondera que é importante não incomodar os usuários. Apesar dos tablets e celulares terem recursos de geolocalização, um consumidor pode se sentir atacado se receber publicidade de acordo com o lugar onde está. “É importante ter parcimônia e ser agradável sempre”, diz Roth.
 
Em sua exposição, ele ainda destacou que a China deve ganhar cada vez mais importância no mundo digital.

.

.