MPX e E.ON devem chegar a um acordo ainda nesta semana


Segundo Estadão, presidente da companhia de energia desembarca amanhã no Brasil para assinar contrato com Eike Batista


Mario Anzuoni/Reuters
O empresário Eike Batista, CEO do Grupo EBX
Eike Batista e E.ON deve assinar nesta semana contrato da venda de fatia da MPX
São Paulo – Depois de muita especulação, A MPX, braço de energia do grupo EBX, e a alemã E.ON, que atua no mesmo segmento, podem acertar nesta semana a venda de mais uma parte da empresa de energia de Eike Batista. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, desta segunda-feira, o presidente da E.ON, Johannes Teyssen, chega ao Brasil amanhã para assinar o contrato com o empresário.
Na semana passada, a MPX divulgou comunicadoconfirmando que Eike estava negociando a venda de uma fatia da empresa para a gigante alemã de energia, que já detém 10% da companhia. O empresário, no entanto, deve permanecer no comando da empresa.
“O acionista controlador informou à MPX que não deixará o controle da MPX em razão da referida transação e que existem negociações em curso sobre eventual aumento de capital da MPX”, afirmou a empresa, em comunicado.
De acordo com a reportagem do Estadão, a E.ON deve desembolsar 1,8 bilhão de reais por mais 27% da MPX.
Cerca de um ano atrás, a E.ON se tornou parceira da MPX por meio de uma joint venture entre as duas companhias, com investimento de 850 milhões de reais. Na ocasião, o Eike chegou a declarar que se tratava do casamento perfeito a união das duas empresas.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.