iPad mini atropela o iPad de 9,7 polegadas em vendas


Estudo da DisplaySearch aponta que quase dois terços dos tablets vendidos pela Apple neste ano serão iPad mini. Modelos de 7 a 8 polegadas vão predominar no mercado


Divulgação
iPad mini, da Apple
63% dos tablets vendidos pela Apple neste ano serão iPad mini, prevê a DisplaySearch
São Paulo — A Apple planejava vender 60 milhões de iPads de 9,7 polegadas neste ano, e apenas 40 milhões de iPads mini, de 7,9 polegadas. Mas Tim Cook e sua turma parecem ter descoberto que a preferência do consumidor é outra. Agora, a previsão se inverteu: serão 55 milhões de iPads mini e 33 milhões de iPads de 9,7 polegadas. 
Quem diz isso é a DisplaySearch, que acompanha o mercado de telas de cristal líquido usadas em tablets e outros dispositivos eletrônicos. Como a Apple não revela seus planos, a DisplaySearch fez suas estimativas contabilizando as encomendas de telas feitas pela empresa da maçã a fabricantes asiáticos. 
E a Apple, é claro, não está sozinha nisso. Tablets na faixa de 7 a 8 polegadas vão predominar no mercado neste ano. Nas contas da DisplaySearch, serão vendidas 254 milhões de telas para tablets até o fim do ano. Desse total, 136 milhões (54%) terão até 8,9 polegadas. As restantes 118 milhões (46%) serão de 9 polegadas ou maiores.
“Samsung, Amazon, Google, Asus e Acer estão todas de olho na faixa de 7 a 9 polegadas para conquistar participação no mercado. Muitos fabricantes chineses de tablets genéricos também têm seu foco nos modelos menores”, diz David Hsieh, vice-presidente da DisplaySearch, no blog oficial da empresa. 
Hsieh aponta o preço mais baixo como principal razão para a preferência do consumidor pelos tablets menores. Outro atrativo seria a possibilidade de segurar o dispositivo com uma só mão, em vez de duas. No Brasil, essa tendência já estava definida no ano passado. Segundo uma estimativa da IDC, mais da metade dos tablets vendidos no país em 2012 são de 7 polegadas.
Aqui, os modelos menores com preço inferior a 1.000 reais foram os principais responsáveis pelo rápido crescimento do mercado. Em 2012, os brasileiros compraram 2,9 milhões de tablets, sendo 46% deles com preço inferior a 500 reais, diz a IDC. Neste ano, a previsão é que sejam vendidas 5,4 milhões de unidades. O Brasil é o décimo maior mercado para tablets no mundo. Mas o iPad mini ainda não é vendido oficialmente no país.
David Hsieh observa que tablets pequenos mais caros devem surgir no mercado, à medida que os fabricantes aprimoram aspectos como resolução, funções e design. Diversos fabricantes de painéis de cristal líquido estão desenvolvendo telas de 7 a 8 polegadas de alta resolução. E são muitos os rumores de que a Apple deve lançar um iPad mini com tela Retina neste ano.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.