Eike confirma negócio com MPX, mas permanecerá no controle



Bilionário confirma, em comunicado, que negocia uma fatia da MPX com a E.ON

FABIO MOTTA/Agência Estado
Eike concede entrevista, em janeiro de 2008
Eike Batista, dono da MPX: venda de fatia não deve tirá-lo do controle
São Paulo – A MPX divulgou, nesta quinta-feira, comunicado confirmando que seu fundador,Eike Batista, negocia a venda de uma fatia da empresa para a gigante alemã de energiaE.ON, que já detém 10% da companhia.
O comunicado informa, porém, que Eike deve permanecer no comando da empresa. “O acionista controlador informou à MPX que não deixará o controle da MPX em razão da referida transação e que existem negociações em curso sobre eventual aumento de capital da MPX”, afirmou a empresa.
Segundo a mesma nota, ainda não há nenhum documento assinado entre as partes. As primeiras informações de que Eike pretende vender uma parte da MPX circularam em meados de fevereiro.
A MPX atua na geração de energia elétrica, exploração e produção de gás natural, atuante nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil, além do Chile.
A empresa registrou prejuízo de 435,2 milhões de reais no ano passado. A cifra é maior que os 408,6 milhões de 2011. Sua receita cresceu 191,7%, para 409,9 milhões. O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), porém, sofreu uma deterioração, pois ficou negativo em 374 milhões de reais em 2012, contra 263,9 milhões negativos no ano anterior.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.