Telefônica/Vivo lucra R$ 4,452 bi em 2012, alta de 2,1%


Segundo relatório da administração da empresa, o resultado reflete "a melhor performance operacional e financeira da Telefônica"

Eulina Oliveira, do 
ALEXANDRE BATTIBUGLI
Fachada da Telefônica/Vivo
Telefônica/Vivo: a receita operacional líquida consolidada da operadora de telefonia foi de R$ 33,931 bilhões em 2012, avanço de 16,5% em relação ao ano anterior.
São Paulo - A Telefônica/Vivo registrou lucro líquido consolidado de R$ 4,452 bilhões em 2012, o que representa uma alta de 2,1% na comparação com 2011.
Segundo relatório da administração da empresa, o resultado reflete "a melhor performance operacional e financeira da Telefônica".
O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da empresa aumentou 22,4% no ano passado ante o ano anterior, para R$ 12,705 bilhões.
A margem Ebtida ficou em 37,4%, crescimento de 1,8 ponto porcentual. Segundo a companhia, contribuiu para essa alta o aumento das receitas de dados e serviços de valor adicionado (SVAs), além da venda de ativos não estratégicos.
A receita operacional líquida consolidada da operadora de telefonia foi de R$ 33,931 bilhões em 2012, avanço de 16,5% em relação ao ano anterior.
"Esse crescimento é decorrente de aumento nas receitas do serviço de banda larga, dados corporativos, além da venda de terminais móveis com acesso à internet", diz a operadora, no relatório da administração.
"A receita está impactada pela redução do VC1 Fixo-Móvel (chamadas entre telefones fixos ou móveis que estiverem na mesma área local), acrescenta.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.