De acordo com BCB - Banco Central do Brasil


 YBBRIO
BANCO DE NEGOCIOS

De acordo com BCB - Banco Central do Brasil

Glossário completo - LETRAS A/B


TermoDescrição
AbecipAssociação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança
AbecsAssociação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços
AbelAssociação Brasileira das Empresas de Leasing
ACCAdiantamento sobre Contratos de Câmbio. Constitui a antecipação parcial ou total do contravalor em moeda nacional da moeda estrangeira comprada por instituição autorizada a operar no mercado de câmbio, para entrega em momento futuro pelo cliente. A grande maioria desses adiantamentos é decorrente de contratos de câmbio de exportação. O ACC é concedido antes do embarque da mercadoria ou da prestação do serviço.
ACEAdiantamento sobre Cambiais Entregues. Constitui antecipação semelhante ao ACC. A principal diferença é que o ACE é concedido após o embarque da mercadoria ou da prestação do serviço.
Acordo mestre (master agreement)Um acordo que estabelece os termos e condições padronizadas aplicáveis a todas as operações ou a um subconjunto definido destas que as partes podem subscrever de tempo em tempo, incluindo os termos e condições para a compensação de encerramento.
ADRAmerican Depositary Receipts. São certificados representativos de ações ou de outros valores mobiliários que representam direitos e ações, emitidos no exterior por instituição denominada "depositária", com lastro em valores mobiliários de emissão de empresas brasileiras depositados em custódia específica no Brasil.
AelcAssociação Européia de Livre Comércio
AgênciaDependência de instituições financeiras e demais instituições, autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, destinada à prática das atividades para as quais a instituição esteja regularmente habilitada.
Agência de fomentoTem como objeto social a concessão de financiamento de capital fixo e de giro associado a projetos na Unidade da Federação onde tenha sede.
Agência pioneiraÉ aquela dependência instalada em praça desassistida de qualquer outra agência ou posto avançado de atendimento de banco múltiplo com carteira comercial, banco comercial ou caixa econômica.
Ajuste patrimonialOs ajustes patrimoniais são efetuados nos fluxos com o objetivo de “excluir”, de certa conta, déficit ou superávit obtido por determinado tipo de operação.
AladiAssociação Latino-Americana de Integração (Aladi). Organismo intergovernamental que, continuando com o processo iniciado pela Alalc em 1960, promove a expansão da integração da região, objetivando garantir seu desenvolvimento econômico e social e tendo como meta final a criação de um mercado comum. A Aladi é o maior grupo latino-americano, cuja meta é a integração e é formada por doze países-membros: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.
AlalcO Tratado de Montevidéu (1960) criou a Aliança Latino-Americana de Livre Comércio, em parte por inspiração dos tratados de Roma que instituíram a Comunidade Econômica Européia. A Alalc foi extinta em 1980 sendo seguida pela Aladi (Associação Latino-Americana de Desenvolvimento Integrado), no segundo Tratado de Montevidéu (1980). A mudança aconteceu pela ampliação do enfoque de zona livre de comércio a uma área também desenvolvimentista com o estabelecimento de tarifas alfandegárias regionais.
AlcaÁrea de Livre Comércio das Américas. Bloco econômico com o objetivo de formar, até o final de 2005, uma área de livre comércio das Américas.Coordenação brasileira a cargo do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
Alívio de custódiaOperação pela qual numerário não-monetizado na custódia é entregue ao Bacen.
AnbimaAssociação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais
ArbitragemNa regulamentação cambial brasileira, o termo é utilizado em referência a operações envolvendo a troca de uma moeda estrangeira por outra moeda estrangeira.
AsbaAssociação dos Supervisores Bancários das Américas. Congrega as autoridades de supervisão das Américas, incluindo o Caribe, foi fundada em 1999. Tem sede provisória no México; a sede definitiva deverá ser implantada no Chile. A formalização da filiação do Brasil ainda depende de autorização do Congresso Nacional. O Brasil faz parte do Conselho Diretor na qualidade de membro convidado.
ASDBBanco Asiático de Desenvolvimento
AskPreço de venda de um ativo no mercado.
Ativo de liquidaçãoAtivo utilizado para cancelar (descarregar) obrigações de liquidação conforme está especificado nas regras, regulamentos ou práticas comuns de um sistema de pagamento.
AtributoRepresentação alfabética destinada a identificar cada um dos segmentos/tipos de instituições/empresas, conforme a seguir detalhado, esclarecido que cada segmento possui um elenco próprio de contas no Plano COSIF (Plano Contábil das Instituições do sistema financeiro Nacional): A - Sociedades de Arrendameno Mercantil; B - Bancos Comerciais; C - Sociedades Corretoras; D - Bancos de Desenvolvimento; E - Caixas Econômicas Estaduais; F - Sociedades de Crédito, financiamento e Investimento; G - Conglomerados Financeiros; H - Administradoras de Consórcio; I - Bancos de Investimento; J - Sociedades de Crédito ao Microempreendedor; K - Agências de Fomento ou de Desenvolvimento; L - Banco do Brasil S.A.; M - Caixa Econômica Federal; N - B.N.D.E.S.; O - Fundos de Investimento; Q - Conglomerados Econômico-Financeiros; R - Cooperativas de Crédito; S - Sociedades de Crédito Imobiliário e Associações de Poupança e Empréstimo; T - Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários; U - Bancos Múltiplos; W - Companhias Hipotecárias; X - Carteira de Desenvolvimento (existente até outubro/91); Y - Carteira de Câmbio (existente até novembo/91) e Z - Instituições/Empresas em Liquidação Extrajudicial.
Bacen JudSistema de Atendimento às Solicitações do Poder Judiciário ao Banco Central do Brasil
Bacen/ BC/ BCBSiglas do Banco Central do Brasil.
Back officeÁrea responsável pela liquidação, compensação, contabilização, registro e custódia das operações realizadas por uma instituição financeira.
Back to backOperação em que a compra e a venda de mercadoria ocorre sem sua efetiva entrada ou saída do Brasil. Não há mais necessidade de autorização do Banco Central para a realização de referida operação.
Banco ComercialInstituição financeira privada ou pública. Tem como objetivo principal proporcionar o suprimento oportuno e adequado dos recursos necessários para financiar, a curto e médio prazos, o comércio, a indústria, as empresas prestadoras de serviços, as pessoas físicas e terceiros em geral. A captação de depósitos à vista, livremente movimentáveis, é atividade típica do banco comercial.
Banco CooperativoBanco comercial ou banco múltiplo constituído, obrigatoriamente, com carteira comercial. Diferencia-se dos demais por ter como acionistas-controladores cooperativas centrais de crédito, as quais devem deter no mínimo 51% das ações com direito a voto.
Banco de DesenvolvimentoInstituição financeira pública não federal que tem como objetivo precípuo de proporcionar o suprimento oportuno e adequado dos recursos necessários ao financiamento, em médio e longo prazo, de programas e projetos que visem a promover o desenvolvimento econômico e social do respectivo estado onde tenha sede, cabendo-lhe apoiar prioritariamente o setor privado.
Banco de InvestimentoInstituição financeira privada especializada em operações de participação societária de caráter temporário, de financiamento da atividade produtiva para suprimento de capital fixo e de giro e de administração de recursos de terceiros.
Banco MúltiploInstituição financeira privada ou pública que realiza as operações ativas, passivas e acessórias das diversas instituições financeiras, por intermédio das seguintes carteiras: comercial, de investimento e/ou de desenvolvimento, de crédito imobiliário, de arrendamento mercantil e de crédito, financiamento e investimento. Essas operações estão sujeitas às mesmas normas legais e regulamentares aplicáveis às instituições singulares correspondentes às suas carteiras.
Base MonetáriaPassivo monetário do Banco Central, também conhecido como emissão primária de moeda. Inclui o total de cédulas e moedas em circulação e os recursos da conta Reservas Bancárias. Corresponde ao montante de dinheiro em circulação no País mais o dinheiro depositado nos bancos comerciais (soma do dinheiro dos caixas, dos depósitos voluntários e compulsórios no Banco Central).
Base Monetária AmpliadaO conceito de BMA foi definido como sendo o passivo monetário do Banco Central e do Tesouro Nacional. Aparece como sendo a porção do M4 passível de controle direto pelo Governo. O agregado monetário amplo M4 é definido como o total de títulos e de moeda emitidos pelo sistema financeiro, incluindo-se o Banco Central e os Tesouros Nacional, Estaduais e Municipais. O sistema financeiro capta recursos e os empresta ao setor não-financeiro. Esse passivo do sistema financeiro junto ao setor não-financeiro é denominado de M4.
Basis points (Pontos-base)Convenção utilizada sobretudo no mercado de renda fixa, é uma escala no qual 100 pontos-base representa um por cento. Dadas as relativamente pequenas variações que normalmente ocorrem no rendimento dos títulos de renda fixa, estas variações são normalmente expressas em termos de pontos-base ao invés de pontos percentuais. Uma queda de rendimento de 12,55% para 12,52% pode ser mais facilmente visualizada como uma queda de 3 pontos-base do que como uma redução de 0,03 pontos percentuais.
BBAAssociação de bancos do mercado londrino.
BBCBônus do Banco Central. Título de responsabilidade do Banco Central do Brasil, emitido para fins de política monetária, exclusivamente sob a forma escritural, no Selic. Título de rentabilidade prefixada ou de rentabilidade pós-fixada definida pela Taxa Selic.
BCEBanco Central Europeu / UE
BCIEBanco Centro-americano de Integração Econômica / MCCA
BCPBanco Central do Paraguai
BCRABanco Central da República Argentina
BCUBanco Central do Uruguai
BDRBrazilian Depositary Receipts. Títulos representativos de valores mobiliários emitidos por instituição depositária no País, cujo lastro sejam valores mobiliários de empresas estrangeiras e depositados junto à instituição custodiante de programa de BDR no exterior.
Bear marketMercado em baixa ou onde os participantes esperam queda dos preços, alta nos yields. (oposto de Bull Market).
BEIBanco Europeu de Investimento / UE
BenchmarkReferencial pelo qual algum ativo pode ser medido ou julgado. É um padrão de referência utilizado para se comparar a rentabilidade entre os investimentos, títulos, taxa de juros etc., de tal modo a saber se os demais itens a serem comparados se encontram acima ou abaixo em relação ao que é proposto como referência.
BetaIndicador utilizado no Ranking Anbid-Sharpe - Sharpe. É uma estimativa do nível de oscilação que se deve esperar de um fundo (ou ativo qualquer) como resposta a variações do mercado de ações (representado pelo IBA - Índice Brasileiro de Ações, no caso do cálculo realizado pela Anbid). Um beta igual a 2, por exemplo, indica que quando o IBA sobe 1% o fundo tende a subir 2%. E vice-versa no caso de queda de preços. Estatisticamente, o beta estabelece uma relação de proporção entre a variação de mercado (variável independente) com a variação da ação (variável dependente). Quanto maior o beta, maior o risco do papel. Um beta negativo significa que quando o mercado está subindo, a ação tende a cair e vice-versa. Em livros de estatística, é possível encontrar a demonstração matemática deste cálculo nas seções que expliquem reta de regressão. Em livros de finanças pode haver referências próximas ao termo risco.
BIBBrazil Investment Bond. Acordo por intermédio do qual foram trocadas por bônus de emissão da União, parcelas de principal da dívida do setor público brasileiro junto a credores externos.
BIDBanco Interamericano de Desenvolvimento (BID), instituição financeira regional criada em 1959 e sediada em Washington D.C., objetiva contribuir para o progresso econômico e social da América Latina e do Caribe mediante a canalização de seu capital próprio, de recursos obtidos no mercado financeiro e de outros fundos sob sua administração para financiar o desenvolvimento nos países prestatários, complementar os investimentos privados, e prover de assistência técnica para a preparação, financiamento e execução de projetos e programas de desenvolvimento.
BidPreço de compra de um ativo no mercado.
BillsObrigações de curto prazo do tesouro norte-americano. Suas emissões têm vencimentos entre 1 e 6 meses, e são negociadas pelo desconto sobre o valor de face.
BirdBanco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento. Foi criado em 1945 e conta hoje com 180 países membros. Juntamente com a Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA), instituída em 1960 e destinada a prover assistência aos países de menor desenvolvimento relativo, o BIRD constitui o Banco Mundial, organização que tem como principal objetivo a promoção do progresso econômico e social dos países membros, mediante o financiamento de projetos com vistas à melhoria da produtividade e das condições de vida desses países com recursos obtidos principalmente no mercado internacional de capitais, mas também possui recursos próprios. Somente aqueles países membros do Fundo Monetário Internacional (FMI) podem fazer parte do BIRD.
BISBank for International Settlements. Organismo internacional que fomenta a cooperação entre bancos centrais e outras agências com o objetivo de manter a estabilidade monetária e financeira. Serve de fórum para debates, fomenta a pesquisa, realiza uma série de serviços para os bancos centrais, tem a função de agente fiduciário.
BloombergAgência internacional de notícias e informações, inclusive cotações de preços de ativos.
BM&FBM&F: Bolsa de Mercadorias & Futuros - Teve as suas atividades integradas com a BOVESPA em 2008. Veja mais informações em BM&FBOVESPA.
BM&FBOVESPABolsa de Valores, Mercadorias e Futuros foi criada em 2008 com a integração entre Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) e Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA). Veja mais informações em BM&FBOVESPA. (abrirá em nova janela).
BMICEBanco do Magreb de Investimento e Comércio Exterior / UMA
BNBBanco do Nordeste do Brasil S.A. é uma instituição financeira múltipla criada pela Lei Federal nº 1649, de 19.07.1952, e organizada sob a forma de sociedade de economia mista, de capital aberto, tendo mais de 90% de seu capital sob o controle do Governo Federal. Com sede na cidade de Fortaleza, Estado do Ceará, o Banco atua em 1.985 municípios, abrangendo os nove Estados da Região Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia), o norte de Minas Gerais (incluindo os Vales do Mucuri e do Jequitinhonha) e o norte do Espírito Santo.
BNDESBanco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, ex-autarquia federal criada pela Lei nº 1.628, de 20 de junho de 1952, foi enquadrado como uma empresa pública federal, com personalidade jurídica de direito privado e patrimônio próprio, pela Lei nº 5.662, de 21 de junho de 1971. O BNDES é um órgão vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e tem como objetivo apoiar empreendimentos que contribuam para o desenvolvimento do país. Desta ação resultam a melhoria da competitividade da economia brasileira e a elevação da qualidade de vida da sua população.
BofaBanco norte-americano, uma das contrapartes do Banco Central nas operações de aplicações das reservas internacionais.
BoJBank of Japan. Banco Central do Japão.
BondsObrigações de longo prazo (30 anos) do tesouro norte-americano. Suas emissões foram suspensas em 2001 como parte do plano de encurtamento do perfil da dívida.
BônusObrigações de renda fixa, similares às notas promissórias, que são emitidas por empresas, bancos ou governos . Um bônus é um certificado de dívida no qual o emissor se compromete a pagar um montante específico de juros em intervalos pré-determinados durante um período de tempo, além de pagar também o montante da emissão na data de vencimento. Como o bônus é um instrumento de dívida (renda fixa), o comprador é um credor da empresa, e não um acionista como no caso do comprador de ações.
Bônus soberanoBônus emitidos por um país com garantias de um governo central.
BovespaBolsa de Valores de São Paulo – Teve as suas atividades integradas com a BM&F em 2008. Veja mais informações em BM&FBOVESPA.
BradiesTítítulos da dívida externa brasileira lastreados em papéis do Tesouro dos Estados Unidos. O Brasil emitiu cerca de US$ 50 bilhões de títulos no processo de renegociação da dívida externa elaborado por Nicholas Brady, então secretário do Tesouro norte-americano. É daí que saiu o nome bradies. No mercado internacional da dívida externa brasileira, há nove tipos de papéis diferentes. Os bradies são os títulos de mercado emergente mais negociados no mercado norte-americano. Por isso, servem como indicador do nível de risco percebido e aceito pelos investidores internacionais.
Brady bondsSéries de bônus soberanos emitidos por países emergentes nos moldes do Plano Brady, que visava reestruturar as dívidas vencidas e não pagas.
Break-evenPonto de equilíbrio, no qual igualam-se receitas e despesas. Em finanças, pode ser entendido como o preço em que um investimento qualquer não gera nem lucro nem prejuízo.
BrokerCorretor, indivíduo ou instituição, que promove o encontro entre compradores e vendedores (bids e asks) em um dado mercado, cobrando uma comissão.
BTNBônus do Tesouro Nacional
BTN-BIBBônus do Tesouro Nacional-Brazil Investment Bond. Prover recursos necessários à cobertura de déficits orçamentários ou à realização de operações de crédito por antecipação de receita e efetuar troca voluntária por Bônus da Dívida Externa (BTN-BIB).
Bull marketMercado em alta ou onde os participantes esperam alta dos preços e queda dos yields (oposto de bear market).

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.