CCX abre em alta com intenção de Eike de fechar o capital


Ações da empresa de carvão abriram o pregão desta terça em alta de 26,84%

Fernando Cavalcanti/EXAME
Eike Batista na Bovespa
Em fato relevante, Eike manifestou intenção de adquirir até 100% das ações da CCX
São Paulo - Após encerrar o pregão desta segunda-feira em forte alta de quase 45%, a CCXabriu o pregão de hoje subindo 26,84%, com os papéis sendo negociados a 3,97 reais. As ações ganharam novo impulso com o anúncio de que Eike Batista, controlador do grupo EBX, que fechar o capital da empresa.
Em fato relevante divulgado na noite de ontem, o bilionário manifestou intenção de adquirir até 100% das ações da empresa de carvão no mercado em Oferta Pública de Aquisição (OPA) de ações. O preço máximo será de 4,31 reais por papel, a ser pago mediante permuta de ações detidas por Eike nas companhias de capital aberto da EBX.
Se bem sucedida, a oferta de Eike levará ao cancelamento de companhia aberta da CCX, menos de um ano após sua criação e por um preço 50% abaixo do preço de sua estreia em maio do ano passo, a 8,50 reais. Apesar dos avanços nos últimos 3 pregões, o papel acumula desvalorização de mais de 60% desde o fechamento em sua estreia na Bovespa. 


Empresa
O maior projeto da empresa fica na mina subterrânea de San Juan, localizada na Colômbia, onde há capacidade de produção de 25 milhões de toneladas por ano de carvão de alta qualidade.
A CCX é resultado de uma cisão da MPX (MPXE3). A empresa estreou na bolsa no dia 25 de maio de 2012, com ações cotadas a 8,50 reais.

.

.