Lucro do Itaú Unibanco cai para R$ 3,4 bilhões no terceiro trimestre Compartilhar:


Por Daniela Machado e Carolina Mandl | Valor

O Itaú Unibanco registrou lucro líquido recorrente de R$ 3,412 bilhões no terceiro trimestre, uma queda de 13% sobre o mesmo período do ano passado e de 4,8% em relação ao segundo trimestre de 2012. O lucro líquido contábil, considerado no cálculo de pagamento de dividendos, foi de R$ 3,372 bilhões, o que representou redução de 11% frente a 2011.
No balanço divulgado nesta terça-feira, o banco citou os efeitos da redução da margem financeira em decorrência dos cortes da taxa Selic, entre outros fatores.
A carteira de crédito do Itaú Unibanco, incluindo avais e fianças, avançou 1% de junho a setembro deste ano, somando R$ 417,6 bilhões. Em 12 meses, a expansão foi de 9,3%.
No trimestre, as únicas carteiras que cresceram foram as de financiamento imobiliário (6%) e crédito a grandes empresas (3,7%). Veículos (-4,5%), cartão de crédito (-0,2%), crédito pessoal (0%) e micro, pequenas e médias empresas (-2,4%) observaram retração ou estabilidade.
Na comparação com o terceiro trimestre de 2011, a carteira que mais cresceu também foi a de financiamento imobiliário, que teve alta de 32,4%, seguida por crédito pessoal (14,9%) e grandes empresas (16,4%).
A taxa de inadimplência acima de 90 dias ficou em 5,1% no trimestre, mostrando leve queda em relação ao índice de 5,2% visto no trimestre imediatamente anterior, mas ainda acima dos 4,7% do mesmo período do ano passado.
O retorno recorrente anualizado alcançou 17,7% no terceiro trimestre, abaixo dos 23,5% vistos em igual intervalo de 2011. No segundo trimestre deste ano, esse indicador estava em 19,4%.
O Itaú Unibanco é o segundo a divulgar seus números referentes ao período de julho a setembro. Ontem, o Bradesco abriu a safra de balanços mostrando lucro líquido de R$ 2,86 bilhões, valor 1,7% superior àquele registrado em igual trimestre do ano passado. Apesar do resultado mais gordo, o retorno sobre o patrimônio líquido ficou em 19,9%, com uma queda de 2,5 pontos percentuais na comparação com 2011 e de 0,7 ponto percentual ante o trimestre anterior.
Ainda nesta semana, na quinta-feira, o Santander apresenta seu resultado.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.