Investidor denuncia TIM e ações desabam


Um acionista minoritário jogou uma bomba no colo da TIM Participações (TIMP3) ontem, fazendo as ações da companhia registrarem perdas de quase 10% na mínima do dia. O investidor acusa a companhia de reduzir indevidamente provisões financeiras para o pagamento de uma dívida tributária de R$ 6,6 bilhões e estaria sendo investigada pelos órgãos reguladores no Brasil e nos EUA (CVM e SEC) em relação ao caso. Em comunicado, a TIM afirma que as informações são absolutamente inverídicas, equivocadas e falaciosas. Segundo a empresa, não há divida de R$ 6,6 bilhões, mas uma contingência neste valor, cujo o grau de risco, segundo avaliação interna e de profissionais independentes, não exige provisionamento segundo as normas contábeis aplicáveis à matéria. A TIM ainda esclareceu que a CVM ainda não se pronunciou sobre a reclamação do acionista minoritário e nem foi solicitada pela SEC, a se manifestar acerca de qualquer procedimento ou investigação a respeito da mesma matéria.

Agenda do investidor para esta quarta-feira
Hoje a FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) divulga o IPC (Índice de Preços ao Consumidor), índice que mede a variação de preços para o consumidor na cidade de São Paulo com base nos gastos de quem ganha de um a vinte salários mínimos. Nos Estados Unidos a ADP divulga o nível de emprego privado (excluindo os rurais). O Institute for Supply Management (ISM) divulga o Índice ISM Não Industrial que compreende as atividades da agricultura, construção, comunicação, transportes e mineração, entre outras. O Departamento de Energia publica os estoques semanais de petróleo.

.

.