Petrobras cria e lucra alto com programa de incentivo



Desafio Petrobras envolve quase seis mil postos de combustível em todo o país e, ao longo de três anos, já impactou 81 mil pessoas e investiu R$ 28 milhões

 
Posto de gasolina da Petrobras no Rio
Posto da Petrobras: campanha foi focada na superação de metas e no engajamento dos colaboradores
Rio de Janeiro - Criar um programa de incentivo diferenciado para aumentar as vendas e melhorar o atendimento numa rede de 5.800 postos de combustíveis não é tarefa fácil. Não por acaso, o nome da campanha da maior empresa do Brasil é Desafio Petrobras. Os números são superlativos: além dos milhares de postos, a companhia teve que impactar 81 mil pessoas e investir R$ 28 milhões em três anos.
O Desafio Petrobras é uma campanha focada na superação de metas e no engajamento dos colaboradores. O objetivo também é motivar as equipes e estabelecer um relacionamento mais estreito com a companhia. Para representar o conceito da campanha, o ator Rodrigo Faro foi escolhido como o garoto propaganda por passar a imagem de versatilidade. Um dos braços do desafio foi o “Show de Talentos”, que estimulou os colaboradores a apresentarem seus conhecimentos em vídeos postados em um hotsite.
As equipes de postos e lojas BR Mania de todo Brasil foram convidadas a mostrar o que sabiam em categorias como dança, música, humor e mix. Os 10 classificados de cada uma delas ganharam 10 mil Tupis - moeda criada para o programa e que pode ser trocada por prêmios. Nos três anos do projeto foram quase 58 milhões de Tupis resgatados, o equivalente a aproximadamente R$ 3 milhões, além de 21,4 mil prêmios distribuídos aos melhores talentos.
Divulgação de talentos
Outra iniciativa criada pela Petrobras foi a revista “Os Caras”. O veículo de comunicação surgiu como espaço de divulgação de conteúdo das próprias equipes, trazendo novidades em forma de depoimentos. Fotos e matérias mostraram os talentos dos participantes e evidenciaram as chances de ganhar prêmios.
Para subsidiar a campanha de incentivo, a marca vende cotas anuais aos seus revendedores, com valores entre R$ 8 mil e R$ 9 mil, dinheiro que é somado às verbas da companhia para custear as ações que são realizadas durante todo o ano. As cotas são obtidas por meio da venda do catálogo com os prêmios que podem ser escolhidos de acordo com o volume de vendas.

.

.