Petrobras avisa: Vem mais reajuste por aí



A presidente da Petrobras (PETR4), Maria das Graças Foster, mandou um recado para o mercado ontem, durante a entrevista coletiva da apresentação do plano de negócio da companhia para os anos 2012-2016. Graça Foster afirmou que o plano está condicionado não só ao recente reajuste nos preços dos combustíveis, mas à paridade dos preços em relação ao mercado internacional, ou seja, a gasolina e o diesel estão baratos no Brasil segundo a Petrobras. Agora é esperar qual a manobra que o governo brasileiro, controlador da Petrobras, irá fazer para permitir novos reajustes nos combustíveis. Ontem o governo zerou a CIDE, alíquota cobrada sobre a venda de combustíveis, para impedir que a gasolina e o diesel subam nas bombas e para o consumidor. Talvez o governo espere a inflação arrefecer mais um pouco para permitir um novo reajuste, dessa vez sem corte de impostos. O governo brasileiro está utilizando suas estratégias no complexo jogo do controle da inflação e promoção de um retorno adequado aos investimentos da Petrobras. Infelizmente, ao investidor minoritário da Petrobras resta apenas assistir à partida.

.

.