Yahoo vende 20% de sua participação no Alibaba por US$ 7,1 bilhões


Valor Economico


 O Yahoo confirmou acordo para a venda de 20% de sua participação no Alibaba. A transação abrange metade das ações detidas pela companhia americana no site chinês de comércio eletrônico. Pela proposta, o Alibaba Group pagará cerca de US$ 7,1 bilhões pelos papéis, sendo que US$ 6,3 bilhões em dinheiro e US$ 800 milhões em novas ações preferenciais da companhia chinesa.

O acordo estabelece ainda um plano para que o Yahoo torne rentável a sua participação remanescente no Alibaba. No caso de uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) de ações do site chinês, o Alibaba deverá comprar os 20% restantes pertencentes ao Yahoo pelo preço fixado na operação ou permitir que a companhia americana venda esses papéis no processo.
As duas empresas afirmaram em comunicado que o acordo é o melhor caminho para alinhar os incentivos e maximizar o valor para os acionistas das companhias. Após a conclusão do negócio – que deve ocorrer em um prazo de seis meses -, o Yahoo continuará a ter representação no conselho do Alibaba, com o direito de nomear um dos quatro integrantes do órgão.
Yahoo e Alibaba concordaram também em alterar o acordo de licenciamento de tecnologia e propriedade intelectual entre as duas empresas. A mudança estabelece, entre outros fatores, uma concessão para que o Alibaba continue operando na China com a marca Yahoo em um prazo de quatro anos. Ao mesmo tempo, as restrições para que a companhia americana faça outros investimentos no país asiático serão encerradas.
Sob os termos da negociação, o Alibaba pagará inicialmente um total de US$ 550 milhões de royalties ao Yahoo. Em outra frente, o Alibaba irá licenciar algumas de suas patentes à parceira americana.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.