Vale vira mineradora mais barata do mundo e atrai investidores


Os papéis da empresa brasileira têm hoje o menor valor relativo a lucros entre as 15 maiores mineradoras do mundo

 


Divulgação/Agência Vale
Trem da Vale
A Vale é negociada a 5,2 vezes o valor estimado por analistas para seus lucros nos próximos quatro trimestres
Rio de Janeiro - A Vale SA está atraindo investimentos da BlackRock Inc. e da Aberdeen Asset Management Plc depois que suas ações despencaram para o menor nível em dois anos e meio. Os papéis da empresa brasileira têm hoje o menor valor relativo a lucros entre as 15 maiores mineradoras do mundo.
A Vale é negociada a 5,2 vezes o valor estimado por analistas para seus lucros nos próximos quatro trimestres, quase metade do múltiplo de 9,1 vezes para a BHP Billiton Ltd, segundo dados compilados pela Bloomberg.
A queda dos preços das ações da Vale e a estratégia de vender ativos não lucrativos e revisar o plano de investimentos tornam a ação da empresa a “mais óbvia” para compra no Brasil, disse Will Landers, que administra US$ 7 bilhões em ações da América Latina para a BlackRock.
“A Vale parece barata em qualquer métrica”, disse Nick Robinson, que ajuda a administrar US$ 15 bilhões em ações da América Latina na Aberdeen. A instituição estuda aumentar sua participação de 5 por cento em ações preferenciais da Vale.
Para Marcelo Aguiar, analista de mineração do Goldman Sachs em São Paulo, o desaquecimento da China e uma briga judicial com o governo sobre pagamentos atrasados de impostos de R$ 30,7 bi podem continuar segurando as ações da Vale.

PARCEIROS E COLABORADORES

.