Pensando grande



Divulgação
Para se ter uma ideia do poder de fogo da Caixa Econômica Federal, a linha especial de financiamento para compra de móveis e eletrodomésticos lançada há dez dias corresponde a 22% do saldo total das operações de pessoas físicas para aquisição de bens no Brasil, excluindo veículos. A nova linha da Caixa, destinada a participantes do Programa Minha Casa Minha Vida, é de R$ 2 bilhões.
Em março, mostram dados do Banco Central divulgados na semana passada, o crédito para famílias alcançou R$ 665 bilhões. Desse total, R$ 187 bilhões correspondem aos empréstimos para compra de bens, sendo cerca de R$ 177 bilhões voltados exclusivamente para o mercado de automóveis.
A nova linha da Caixa, disponível nas agências a partir de hoje, deve beneficiar imediatamente cerca de 700 mil famílias, podendo chegar a mais de 3 milhões de famílias até 2014.  As taxas de juro dessa linha especial são escalonadas por faixas de renda.
Para as famílias da Faixa 1, com renda bruta de até R$ 1.600,00, a taxa cobrada é de 1% ao mês; para a Faixa 2, com renda bruta de R$ 1.600,01 a R$ 3.100,00, o juro é de 1,50% ao mês; e para a Faixa 3, com renda bruta de R$ 3.100,01 a R$ 5.000,00, a taxa é de 2%.

.