Construtoras e bancos se afastam na Bolsa



As ações de construtoras e bancos seguiram rumos opostos no pregão de ontem. De um lado, as ações da Brookfield (BISA3) registraram a maior alta do índice Ibovespa, enquanto as ações do Banco do Brasil (BBAS3) tiveram o pior desempenho do índice. A justificativa do mercado foi o anúncio do pacote de redução de juros e aumento da oferta de crédito feito pelo Banco do Brasil, que deve acirrar a concorrência no setor bancário nacional, levando a cotação de instituições financeiras a apresentar queda na Bolsa. Em contrapartida, as ações de construtoras acabaram se beneficiando com um cenário de aumento de crédito e queda dos juros. Especula-se que esse movimento do mercado tem o toque da mão forte do governo, aplicando recentes medidas para dar gás ao crescimento do PIB nacional neste ano.

.