MMX reverte prejuízo e lucra R$69 milhões



A MMX Mineração (MMXM3), do empreendedor Eike Batista, lucrou R$69 milhões no quarto trimestre de 2011 (4T11), revertendo o prejuízo registrado no trimestre imediatamente anterior. Em seu relatório, a companhia mostrou recordes nos resultados operacional e financeiro, alcançando importantes avanços em seus principais projetos, como a expansão da capacidade do Sistema Sudeste e a conclusão das obras do Superporto Sudeste. As vendas de minério de ferro registraram o maior volume negociado pela MMX desde a sua criação e a receita líquida também foi recorde no ano, somando R$1 bilhão. Guilherme Escalhão, presidente e diretor de relação com investidores da MMX, afirma estar convicto da solidez dos projetos e operações da companhia, que caminha para se destacar entre os principais fornecedores de minério de ferro do mundo.

PARCEIROS E COLABORADORES UTILIZAM:

.